sábado, 27 de agosto de 2011




COMEDORES/AS COMPULSIVOS/AS






São mais as mulheres que os homens que sofrem de transtornos alimentares. Tal se deva aos padrões de beleza actuais que rejeitam a obesidade da mulher em prol de belas e magras silhuetas.
Quer a Anorexia , quer a Bulimía são desvios do comportamento alimentar que conduzem ao medo patológico de engordar.
As anoréticas não comem devido ao intenso medo de ganhar peso, achando que não têm os corpos perfeitos. Sentem-se gordas e culpadas de consumir alimentos. Há uma obsessão pela perfeição do corpo.






CRISES DE VORACIDADE


Ataques frequentes ao frigorífico em plena madrugada, para devorar de um trago e sem saborear, todos os alimentos que lá existam,são o indício de uma desordem alimentar, tornando os protagonistas em comedores compulsivos.
Comem sem fome e descontroladamente, até se sentirem "empanturrados/as". Sobra então uma sensação profunda de falta de controlo e de vergonha.





Pode acontecer em períodos de stress, ou em momentos que interferem com a afectividade, procurando na mesa a satisfação que de outra forma não se obtém.
Aqui não há preocupação mórbida pelo peso, mas sim um sentimento de culpa, pois os comedores/as compulsivas tornam-se invariàvelmente gordos/as, pois os alimentos ingeridos são de alto teor energético e conduzem à obesidade.






A ingestão descontrolada de alimentos provoca a dilatação do estômago, elevando a taxa de colesterol e aumento a propensão para diabetes e problemas cardiovasculares. Estas pessoas têm vergonha e geralmente escondem o seu problema, razão porque comem a horas em que não são vistas.
Apesar da culpa, vergonha e obesidade, quem sofre desta compulsão é incapaz de ser fiel a uma dieta , fracassando geralmente nessa tentativa.






CAUSAS


Considera-se que existem factores genéticos, factores psicológicos e factores ambientais.








TRATAMENTO


Procurar ajuda médica é fundamental, mas também alterar os comportamentos. A psicoterapia desempenha um papel importante, para que se possa acabar com as desculpas e encontrar truques que distraiam quando surge a vontade louca de comer.
A medicação tem igualmente um papel importante, na ajuda deste problema.







Importante saír com amigos/as e distraír, ir fazer compras, executar arrumações, etc, pois ajudam a esquecer a fome descontrolada.
Há sempre uma tendência ( em todos nós) , para em momentos de tristeza ou stress ingerir mais alimentos que o necessário, principalmente alguns doces ( bombons por exemplo), o que não faz de nós comedores compulsivos.


TENTE REGRAR A SUA ALIMENTAÇÃO








ESCOLHA UMA GAMA ALIMENTAR CONDIZENTE CONSIGO








CONTROLE REGULARMENTE O SEU PESO









E NUNCA ESQUEÇA DE DAR BELOS PASSEIOS

À BEIRA MAR




POIS SÃO SAUDÁVEIS






Gotade Vidro

Foto do Mussulo ( Luanda)









12 comentários:

helia disse...

Obrigada por mais uma informação de muito interesse . Eu não tenho o hábito de comer muito e mais ou menos sigo uma dieta equilibrada, mas conheço muita gente e alguns bem jovens , que além de comerem muito comem alimentos com demasiadas calorias!

Patrícia disse...

Eu sinceramente sou daquelas pessoas que quando está numa situação de grande stress ou ansiedade, nem pode ver comer porque fica extremamente enjoada. E por mais que coma, consigo manter o mesmo peso, o que me permite nem engordar nem emagrecer. Essas pessoas precisam realmente de ajuda e é bom que existam blogs deste tipo para informar.

Beijinhos=)
Patrícia

São disse...

Gostei do post .

Relamente, em tudo deve haver equilíbrio e bom senso.

Bom domingo

Pena disse...

Estimada e Preciosa Amiga:
"...Quer a Anorexia , quer a Bulimía são desvios do comportamento alimentar que conduzem ao medo patológico de engordar..."

Estamos sempre a aprender, com a minha maravilhosa amiga que trata de nós, informando e descrevendo tudo ao pormenor.
Parabéns, pela pessoa linda que é e significa para todas as pessoas.
É brilhante e já registei a lição de hoje. Fantástico poder de comunicar.
Bem-Haja, pela amizade e pela visita linda que adorei.
Com respeito e sempre a admirá-la.
Beijinhos de pureza e amizade.

pena

Sou muito seu amigo.
É preciosa e extraordinária no que é e concebe com dedicação e empenho pela saúde das pesoas.
Honra-me, a sua amizade afável e doce como escreve com conteúdo importante.
Adorei, amiga perfeita e significativa.
MUITO OBRIGADO!

Evanir disse...

Nossa amizde é um mundo de encantos,por isso temos que ter capacidade de amar infitinamente.
Creia a amizade é um fio que liga nosso coração em qualquer parte do mundo.
Só podemos ter certeza que não estamos passando pela vida inultimente se não perdermos a capacidade de amar.
Sou muito feliz por ter sua amizade, é isso que me da a certeza de um amor lindo e incondicional.
Uma abençoada tarde de Domingo!
Bjs no coração.
Evanir

Pena disse...

Preciosa e Estimada Amiga Valiosa:
"...Quer a Anorexia , quer a Bulimía são desvios do comportamento alimentar que conduzem ao medo patológico de engordar.
As anoréticas não comem devido ao intenso medo de ganhar peso, achando que não têm os corpos perfeitos. Sentem-se gordas e culpadas de consumir alimentos. Há uma obsessão pela perfeição do corpo..."

É linda porque se preocupa com a saúde no mundo de hoje.
Parabéns pela atitude que já registei.
Bem-Haja, pela amizade que me honra.
Beijinhos de respeito e estima gigantescos. Merece. A sua atitude é magistral de importância.
Sempre a admirá-la

pena

Já tinha feito um comentário aqui.
Onde está, não sei, mas desapareceu.
Excelente amiga. É extraordinária e sensata além de se preocupar com o bem-estar das pessoas.
Adorei.
Bem-Haja!
Vamos a ver se este fica.

Luís Coelho disse...

Precisamos de aprender a ser moderados à mesa e saber controlar os apetites, mas muitas vezes a carne é fraca tentando compensar um desgosto ou uma perda na nossa vida.

A bulimía está mais ligada à juventude.
Ser equilibrado é uma ginástica que se deve fazer diariamente sabendo comer com moderação.

Procurar comida às escondidas é um vício como a bebida.
Não tem sede, mas continuam a meter para dentro ...

Rafeiro Perfumado disse...

Eu gosto de estar a trabalhar e a petiscar, felizmente tenho um metabolismo que elimina quase tudo, ou por esta altura estava num programa da SIC.

Beijocas!

José disse...

Olá Amiga Gota!
Este é um problema dos nossos dias especialmente a Bulimía, os homens da minha idade é muito raro encontrar um que não tenha uma barriga enorme, mesmo sem serem às vezes gordos.
Mas eu acho que o estado está a tomar medidas nesse sentido, e qualquer dia em vez de sermos obesos, somo todos anorécticos, desculpe lá a brincadeira.
Este é blog que oferece saúde,num tempo que ninguém, dá nada a ninguém, toda a gente devia passar por aqui para bem da sua saúde.

Obrigada pelas suas palavras,e pela sua generosidade.

Um beijinho,
José.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Gostei de conhecer este blogue e
até de alguma informação, até por

ser diabética, preciso de alguns
cuidados.Um abraço

O Profeta disse...

Nesta terra linda e verde
As pedras guardam mil e um segredos
Um arpão rasga o ar na procura do mal
Um traidor veste um fato de mil medos

As águas lavarão a lama do caminho
O vento alisará as pegadas na areia do Mar
O tempo ficará suspenso por um momento
Para eu…Orar, Caminhar, Amar…

Mágico beijo

Nuno de Sousa disse...

Bem lá tenho de emagrecer mais um pouco e deixar algumas comidas de lado :-) ehhehe
Bjocas
Nuno de Sousa