sábado, 30 de julho de 2011





ASMA

E






EXERCÍCIO FÍSICO







Desde sempre que é conhecida a relação entre a asma e o exercício físico. Muitos doentes asmáticos , desencadeiam sintomas de asma quando praticam actividade física: cansaço excessivo, tosse, opressão no peito, pieira e dificuldade em respirar.
É a chamada asma induzida pelo exercício.
O desconhecimento desta realidade por parte de muitos doentes, está na origem de problemas indesejáveis.
Tem que haver aconselhamento sobre o tipo de actividade física que o asmático deve praticar.






É errado pensar que o doente asmático não deve praticar desporto. Quer a criança quer o adulto deve praticar actividade física regular, não esquecendo a necessidade de orientação sobre o tipo de actividade que deve ser praticada.
As actividades físicas desaconselháveis, são as de longa distância praticadas ao ar livre, em ambiente de ar frio, seco ou poluído. O ciclismo, as corridas de atletismo ,o montanhismo de alta altitude podem
causar problemas.









De menor risco são os desportos praticados em ambientes quentes e húmidos, longe dos pólens, dos ácaros e da poluição.
Assim os desportos aquáticos, são os mais adequados ao doente asmático, permitindo e facilitando a sua actividade física regular.
A Natação, Pólo Aquático, Vela são desportos de eleição.
Hoje em dia as piscinas já usam outros desinfectantes que não sejam à base de cloro e possuem condições de salubridade e limpeza, que impede a infestação por fungos, podendo os doentes asmáticos praticar natação sem problemas.





Nos asmáticos apenas se exige uma orientação especializada, treino adequado e vigilância mais apertada.Vários atletas de alta competição sofrem de asma e alguns nas modalidades menos adequadas como por exemplo a Rosa Mota.
Deve haver um controlo medicamentoso, no âmbito da prevenção, geralmente inalados antes do exercício físico. Estes medicamentos têm a capacidade de impedir queixas, permitindo praticar o desporto com tranquilidade.






Agora que caminhamos para o controlo da doença asmática, o doente deve ser estimulado a praticar actividade física regular, sob orientação e com treino adequado.









VIVA A VIDA SEM MEDOS E APRECIE






O QUE ELA NOS OFERECE DE BELO





Gota de Vidro

Foto de Edgar V






10 comentários:

Eduardo Aleixo disse...

Fui o primeiro a chegar!
Bom dia, querida amiga.
Desejo-te um bom fim de semana e, claro, boas braçadas na piscina de Viseu, embora não sejas asmática.
Sobre o post, gostei muito, e dás informações que para mim são noviodade. Daí a grande utilidade do teu blogue.
Para além disso é um cantinho de boa música. Arrumadinho. Como derve ser a dona- imagino - que só conheço da blogosfera.
Um beijo de amizade.

tossan® disse...

Asma eu não tive, e sim bronquite que também é terrível! Acho que curei. Curei com alho cru na salada, nos sanduiches...Todos os dias. Azar de quem não suporta alho. Excelente postagem! Bj

helia disse...

Mais uma vez as suas informações são muito úteis. Excelente música!

Patrícia disse...

O exercício físico é muito importante e devemos, acima de tudo, preservar a nossa saúde e fazer com que o nosso bem-estar dure a maior parte da nossa vida.

Beijinhos=)
Patrícia

Fa menor disse...

Muito pertinente!

Obrigada.

Bjos

Pena disse...

Estimada e Amável Amiga:
Um belo texto sobre os problemas de asma e suas consequências na vida das pessoas.
É preciosa no que faz.
Contribui para o nosso bem-estar mais saudável .
Um Médico dizia algures: "Mexa-se!". Penso que tem cabimento aqui como tão bem explanou. Os desportos aquáticos são imprescindíveis e necessários no controle da asma.
Uma extraordinária lição que já registei.
Bem-Haja, pela sua tão linda amizade que é recíproca.
Abraço amigo de respeito imenso pelo seu valor e preciosidade humana que significa.
Sempre a admirá-la

pena

MUITO OBRIGADo pela sua visita.
Bem-Haja, terna amiga.
Adorei.

José disse...

Olá amiga Gota!
Mais um excelente post, que aborda um problema de muitas pessoas, eu tive uma moça aqui na minha casa que viveu com o meu filho durante uns três anos era asmática, e ainda por cima fumava, acabaram por se separar por causa disso.
Eu tenho na minha garganta os residi os do tabaco que fumei durante muitos anos, mas tenho o privilégio de morar aqui bem juntinho a uma praia, e como agora tenho tempo, vou nadar todas as manhãs uma hora ou duas, e às vezes entro mesmo pelo mar adentro, e nalguns dias anda em cima de água uma espuma amarelinha, com um cheirinho não muito agradável, esta é uma cidade que tem cerca de vinte mil pessoas, e agora tem mais de cem mil, mesmo tudo sendo bem tratadinho, vai sempre uns restos para o mar, e a bandeira azul é atribulada no principio da época balnear.
Obrigada
Um beijinho grande,
José.

Luís Coelho disse...

Estava a precisar de ler este tema pois tenho andado bastante cansado
Embora esteja a ser acompanhado penso que o nosso autocontrole e conhecimento da situação também nos pode ajudar.
Fazer os exercícios de forma mais moderada, mas sem nunca os abandonar.

Rafeiro Perfumado disse...

Já vi uma pessoa a ter um ataque de asma e não sei quem é que ficou mais aflito, se eu se ela...

Beijoca!

Vieira Calado disse...

Eu, felizmente, não tenho.

Mas, amigos sofrem bastante

com essa doença.

Bjsss