quinta-feira, 9 de setembro de 2010




MEMÓRIA








Todos nós passamos por momentos em que nos esquecemos de coisas banais do dia a dia, como por exemplo onde está a chave do carro ou como se chama uma música ou artista do nosso agrado.

Temos então por hábito atribuir isso ao decorrer dos anos e dizemos com frequência:

Estou a ficar velho/a.






Embora estas pequenas coisas não afectem verdadeiramente a nossa vida , causam uma certa ansiedade e achamos que o nosso cérebro se está a deteriorar e estamos a ficar como um parente já idoso que se lembra do passado mas não recorda o dia anterior.

É pois hábito relacionarmos a falta de memória com a idade.

No entanto:

Os Neurocientistas chegaram à conclusão que a perda de memória de curto praz0, não se deve à idade nem à morte dos neurónios,pois estes morrem, mas regeneram-se.






Então porque acontece?

Por uma simples razão


FALTA DE USO


Tal como um músculo se atrofia com a falta de uso quando está imobilizado, as dentrites ( extensões do protoplasma, bastante curtas dos neurónios), também se atrofiam e a habilidade do cérebro para receber nova informação reduz-se.

Embora existam medicamentos e vitaminas, para fortalecer a memória, o que é certo é que o exercício ajuda muito a alertar a mente.






É pois necessário fazer com que o nosso cérebro fabrique o seu próprio alimento


AS NEUROTROFINAS






As Neurotrofinas são uma família de proteínas, que promovem a sobrevivência dos neurónios.

Quanto mais activas estiverem as células do cérebro, mais quantidade de Neutrotrofinas produzem gerando mais conexões nas áreas do cérebro.






Neurónios









QUE FAZER?


. Fazer exercícios da mente

. Saír da rotina

. Apresentar novidades inesperadas, através de emoções, de olfacto , de visão, do tacto, do paladar , da audição.

Tudo isto tornará o cérebro mais flexível, mais ágil e aumenta a capacidade de memória.







Diàriamente todos temos actividades rotineiras que fazem o nosso dia a dia, portanto as experiências, passam pelas mesmas estradas neuronais, o que conduz à NÃO PRODUÇÃO DE NEUROTROFINAS.


Alguns exercícios que expandem a produção de Neurotrofinas


1- TENTE pelo menos uma vez por semana, tomar um duche com os olhos fechados e através do tacto localize o que o envolve e necessita como torneiras, gel, toalha, shampoo e notará texturas desconhecidas até então.








2- UTILIZE a mão não dominante, tentando várias tarefas, como comer, escrever, lavar os dentes, abrir gavetas , etc






3- LEIA em voz alta que irá activar circuitos distintos que não acontece ao ler em silêncio





4- TROQUE as rotas nas idas e vindas do trabalho, tomando caminhos diferentes.







5- MODIFIQUE a rotina, faça coisas diferentes, conheça pessoas, use escadas e não elevador.







6- TROQUE o local das coisas, pois o seu cérebro já construíu um mapa. Mude as coisas para outro lugar e obrigue o cérebro a trabalhar







7- APRENDA uma habilidade. Fotografia, culinária, Yoga, execute quebra cabeças...









Tudo isto são exercícios que ampliam a nossa memória e nos ajudará a deixar de ter aqueles esquecimentos que tanto nos arreliam.








E NÃO SE ESQUEÇAM


DE








APRECIAR UM BELO ENTARDECER



Gota de Vidro

Tema sugerido por AV






21 comentários:

Paulo disse...

Gota de vidro, além de ter gostado muito do que escreveste sobre a memória (ou falta dela) que de vez em quando me aflige (por vezes de manhã cedo dou por mim parado 1 minuto a tentar me lembrar onde estacionei o carro na véspera LOL), surpreendeste-me ao relacionar as pequenas falhas da memória recente com a rotina que se instala. Acredita que este teu texto vai ser útil para eu fugir de hábitos rotineiros o mais que possa.

Isto sem recorrer a vitaminas ou outros aditivos farmacéuticos. Vou seguir os conselhos bem úteis que partilhaste aqui e talvez comer mais nozes (a forma se assemelha ao cerebro)que são indicadas para pessoas sujeitas a grande desgaste intelectual e constitui um tónico cerebral (ricas em vitamina E, fósforo e magnésio, entre outros anti-oxidantes)

beijinho e um óptimo fim de semana *_*

Rafeiro Perfumado disse...

A última vez que modifiquei o caminho por onde costumava ir para a estação ia sendo comido por um cão...

MEU DOCE AMOR disse...

Eheheh!!!Estás a entrar comigo, ohhh Nina.Ai Pin, pin,pin eheheh!!!

Vou seguir as tuas sugestões.Ai vou, vou.Já comecei:)

Beijinho doce:)

poetaeusou . . . disse...

*
Amiga,
,
é um tema que me interessa
tenho alguns conhecimentos,
e o curioso sigo métodos que
estão aqui expressos, no meu
meio de amigos chamam-me
o Egas Moniz, mas de quando
em vez, recorrem aqui ao je !
,
estimadas brisas,
,
*

Lis. disse...

De fato,

Dá para perceber o quão pobre é quem não consegue cuidar de si.

Irei depois aprofundar-me mais
nas suas edificantes palavras.

Por enquanto, fica registrado
aqui, o meu singelo Parabéns!

Beijo.

JE VOIS LA VIE EN VERT disse...

Olá Gotinha,

É muito interessante este teu artigo !
Vou seguir alguns exemplos porque outros já faço.
Mas queria adicionar alguma experiência minha : existem na minha vida algumas situações, visitas, palavras que até deviam fazer parte da minha memória porque são felizes mas quando as pessoas, particularmente o meu marido, me dizem :"lembras-te ? Estivemos aqui, fizemos aquilo..." vejo à minha frente um grande vazio.
Alguém já me disse que esta falta de memória é devida a um traumatismo craniano que tive na parte de trás da cabeça há 20 anos.
Será que também tem a ver com umas lesões no temporal esquerdo que tive há 40 anos após uma queda que não foram descobertas na altura e que me provocavam pequenas manifestações epilépticas (alucinações-déjà vu-, taquicardia e impressão de desfalecimento )? Nenhum médico foi capaz de explicar... sim, explicavam que era stress, angústia ou nervos, eu que sou uma pessoa bastante calma... Por não concordar com o diagnóstico dos médico, deixei de me queixar durante estes anos todos até ter umas convulsões fortíssimas que me levaram às urgências há 2 anos e o neurologista de serviço diagnosticou logo uma epilepsia que foi confirmada sendo traumática após exames.
Estou a ser médica e nunca mais me aconteceu e estou com uma medicação mesmo mínima. Eu não me preocupo muito com esta falta de memória, já me conformei e penso "paciência"...esqueço das coisas boas mas também devo esquecer algumas coisas más também... ;))

Desculpa por este comentário tão longo...
Beijinhos
Verdinha

José disse...

Gota de Vidro, bastante interessante este post, sobre a perda de memória,
vir aqui é melhor que ir a uma consulta a um médico da especialidade, eles na maioria dos casos estão mais interessados no dinheiro do que na saúde do doente.
Eu alguns conselhos destes já conhecia, a maioria não, mas vou seguir tudo à risca, a mim já me têm dito, a ti não te vai acontecer isso, tu exercitas a memória nos versos que fazes, mas mesmo assim sinto que vou perdendo a memória, já estou seguindo algumas regras,normalmente escrevo com a mão direita, este texto escrevi só com a esquerda.

Um beijinho
José.

Don Juan disse...

Gota de vidro, antes de mais , obgº pela sua visita...e aproveito para dar os parabens pelo seu blog , muito instrutivo. Gostei. Bj

Pena disse...

Oh, Extraordinária e Valiosa Amiga:
Hoje, traz um Post importantíssimo.
"...Tal como um músculo se atrofia com a falta de uso quando está imobilizado, as dentrites ( extensões do protoplasma, bastante curtas dos neurónios), também se atrofiam e a habilidade do cérebro para receber nova informação reduz-se..."

Já tinha ouvida falar do valor das Neurotrofinas.
Já estava a pensar que sofria de um mal muito grande, tipo: Doença de Alzeimer.
Fiquei mais descansado.
É encantadora, sabia? Linda no que faz com ternura, beleza e encanto.
Beijinhos mil e MUITO OBRIGADO pela visita linda, como VOCÊ, amiguinha de sonho.
Com respeito.
Sempre a admirá-la, mas SEMPRE!

pena

É preciosa e perfeita.
Bem-Haja, sensível e notável amiga.
Adorei.
MUITO OBRIGADO pela visita admirável. Só do seu génio.

Pelos caminhos da vida. disse...

O que mais faço é apreciar todos os dias o amanhecer.

Um excelente texto, regras que devemos sim seguir.

Fim de semana iluminado.

beijooo.

O Profeta disse...

Sonhei
Com mares, com uma longa travessia
Desfraldei uma vela alva
Naveguei na chegada, na partida morria

Sonhei que era um cavaleiro andante
Por dias de inquietante perdura
Avistei um vagabundo num espelho de água
Era a minha alma talhada em pedra fria e dura


Doce beijo

segredo disse...

Gota de vidro!

Somos mesmo automaticos no k fazemos!
Eu gosto de mudar até os meus habitos.

Beijinho de lua*.*

helia disse...

Óptimos conselhos para manter uma boa memória! Muitos destes métodos já eu sigo, ou pelo menos tento seguir , mas usar a mão não dominante ,ou seja a esquerda, isto não consigo e quando há tempos fracturei o braço esquerdo dei graças a Deus por não ter sido o direito , porque nada sei fazer com a mão esquerda...

Dreamaster disse...

Epá um dos melhores topicos que apresentaste rapariga. Talvez pq eu esqueço-me muito das coisas he he he.

Mas olha, este topico vai-me dar um grande jeito. Obrigado :)


Bjs
D.

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Gota, belo post...Excelente....
Cumprimentos

Eduardo Aleixo disse...

É um problema importante.
Que nos afecta a partir de certa idade.
A mim, afecta-me.
Algumas práticas que indicas, eu sigo, outras, não sabia, e vou seguir.
Aquela do banho e a gente com olhos fechados tentar localizar as coisas - que interessante.
Mas a de mudar os lugares das coisas - embora esteja correcta a explicação - pode trazer problemas, pois a gente já não muda os lugares precisamente para não perder as coisas.
Mais um post bem feito e de tanta utilidade!
Obrigado, querida amiga.
Beijo.

José disse...

Olá Gota de Vidro!
Estou passado para dizer, que estou seguindo alguns conselhos destes que aqui estão, e sinto que me estão fazendo bem.

Um beijinho,
José.

segredo disse...

Querida amiga
Infelizmente a minha profissao nada tem a ver com a saude mas consegui um "voluntariado" e aplicar os ja mts conhecimentos k tenho devido a varias formaçoes na area!
Foi inesquecivel!
Beijinho de lua*.*

Naty e Carlos disse...

O amor nasce de um beijo, cresce de um sorriso, alimenta-se de um carinho e ressuscita de um perdão."
Uma boa semana
Bjs com carinho

MEU DOCE AMOR disse...

Passei pata desejar um bom fim de semana e um beijinho com memória:)

tossan disse...

Sim já venho efetuando alguns destes ensinamentos. Parabéns pelo tipo de postagem que você faz. Sensacionais diga-se de passagem. Beijo