segunda-feira, 24 de novembro de 2008




AMÍGDALA E AMIGDALITE








A Amígdala é um pequeno órgão em forma de amêndoa também conhecido por Tonsila ( aquela que se localiza na garganta). Sendo uma direita e outra esquerda, localizam-se entre a boca e a faringe e são órgãos de defesa do corpo.


As Amígdalas são órgãos linfóides, de tecido linfóide e fazem parte do sistema linfático e do sistema imunológico. Seu tecido é rico em vasos sanguíneos e linfáticos e ainda em capilares que lhe conferem a cor avermelhada.




AMIGDALITE


A Amigdalite, como o nome indica é uma infecção da amígdala que pode ser provocada por microrganismos de origem viral ou bacteriana que ocorre com mais frequência na infância, podendo no entanto afectar adolescentes e adultos.







A cavidade orofaríngea não é estéril, sendo colonizada por muitos microrganismos.
A fadiga, as mudanças bruscas de temperatura,ou o uso inapropriado de antibióticos, pode levar à proliferação de qualquer um dos microrganismos existentes na orofaringe, ou a invasão de vírus e bactérias do meio exterior.


MICRORGANISMOS RESPONSÁVEIS

PELA AMIGDALITE


A maioria dos casos são provocados por vírus, sendo os restantes de origem bacteriana nomeadamente


STREPTOCOCUS BETA HEMOLÍTICO

GRUPO A

Responsável por cerca de 15% dos casos. Outras doenças que se podem manifestar como uma infecção das amígdalas ,são a mononucleose infecciosa,causada pelo vírus Epstein Barr, que habitualmente se declara como uma amigdalite.


COMO SE MANIFESTA


A Amigdalite aguda manifesta-se por:

-Garganta inflamada( Avermelhada e inchada )

-Dor de garganta ao engolir

-Mau hálito e febre


Se a amigdalite for de causa viral, pode ocorrer corrimento pelo nariz , espirros e tosse e as amígdalas apresentam-se hipertrofiadas e avermelhadas.



Se a Amigdalite for de causa bacteriana,surge intensa dor de garganta, gânglios na parte anterior do pescoço aumentados e dolorosos, dor de cabeça e febre ( acima de 38 graus ).






POSSÍVEIS COMPLICAÇÕES DA AMIGDALITE


O abcesso periamigdalino e a febre reumática são as complicações mais frequentes das amigdalites.



TRATAMENTO


Os antibióticos estão indicados quando a infecçaõ for de origem bacteriana para prevenir complicações como a febre reumática, glomérulonefrite e abcessos epara melhorar os sintomas.Os antibióticos NÃO são eficazes nas amigdalites de origem viral.
Para aliviar os sintomas deve

-Fazer repouso
-Hidratação
-Gargarejos com água salgada
e morna
-Antipiréticos e Analgésicos se necessário



NUNCA DE AUTO-MEDIQUE


AMIGDALECTOMIA

A remoção cirúrgica das amígdalas está indicada em doentes com infecções repetidas, principalmente se interferirem com a vida quotidiana da pessoa e ainda quando a hipertrofia das mesmas é tal , que interfere com o sono provocando apneia,
obstrução nasal e ressonar.




E NÃO ESQUEÇA DE DESFRUTAR

SEMPRE




A BELEZA DA NATUREZA




Gota de Vidro
Foto de EV



13 comentários:

MPereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sol da meia noite disse...

Conheço bem estas dores de garganta e dificuldade em engolir... conheço desde criança.

Bem oportuna esta tua informação.


Um beijinho *

Rafeiro Perfumado disse...

Uma pessoa depois de ler isto até sente os neurónios mais inteligentes!

Um grande RAUF para ti!

Véu de Maya disse...

passei pra te deixar um beijinho.
li com atenção e aproveitei a tua excelente lição.

véu de maya.

Vieira Calado disse...

Obrigado pelas preciosas informações.

Cumprimentos

Pierrot disse...

Ora aí está.
Fui operado as amigdalas era eu puto... agora percebo porquê loooooool
Poço de cultura esta blog
Bjos daqui
Eugénio

Mário Margaride disse...

Mais um belo post, como nos habituaste.

Continuação de uma boa semana.

Beijinhos

Mário

Nuno de Sousa disse...

Maravilha o que se aprente por aqui :-) Nada q já não tenha passado por aqui...
obrigado pelas tuas palavras e pela tua amizade.
Bjs e uma boa noite
Nuno

Carla disse...

sendo eu tão achacada a problemas de garganta e afins devotrei todas as letras deste teu post tão bem escrito (aliás como é hábito)
beijos e bom fds

Menina do Rio disse...

Já sofri muito com isso, mas já superei.

Deixo-te o meu carinho na forma de um cestinho de beijos coloridos e perfumados

São disse...

Graças pela interessante informação.
Bom feriado.

MEU DOCE AMOR disse...

Credo moça!E eu que já sofri tanto disso até aos 12 anos.Vim para Portugal e passou.

Um belo post informativo.

Beijinho doce e desculpa a minha ausência

Marco Gomes disse...

Excelente blog, parabéns...No caso de nossa filhinha, a solução acabou sendo cirúrgica mesmo. Eu e minha esposa, passamos um período bem estressante com as 2 cirurgias de nossa filhinha com menos de 3 anos. Várias amigdalites e várias injeções de Benzetacil...Uma adenoidectomia com 2 anos e meio e uma amigdalotomia 5 meses depois. Acho importante passarmos nossa experiencia a outras pessoas que possam estar passando pelo mesmo. Nossa experiência, inclusive com alguns videos, está no endereço:
http://www.amigdalaseadenoides.blogspot.com.br/ ou
https://adenoideseamigdalas.wordpress.com/