segunda-feira, 13 de abril de 2009



CANCRO DA MAMA






O cancro da mama é um tumor maligno da mama que afecta principalmente as mulheres, podendo no entanto os homens também serem afectados mas em casos mais raros. É um tumor que se torna mais frequente com a idade, atingindo o auge na casa dos 50 anos.As formas tardias têm desenvolvimento menos rápido.








SINTOMAS


-Nódulo na mama
-Qualquer deformação da mama
-Irregularidade da pele
-Dores na mama
-Eczema em volta do mamilo
-Chagas em volta do mamilo

-Secreção do mamilo
-Emagrecimento
-Fadiga
-Palidez





CAUSAS DO CANCRO DA MAMA

A causa directa ainda é desconhecida.O risco aumenta com a
idade e se houver pessoas da família já afectadas. Aumenta o risco nas mulheres em que o período fértil é mais longo.A amamentação parece ter efeito preventivo.O nível de estrogéneos e factores do ambiente podem exercer influência.










EVOLUÇÃO DO CANCRO DA MAMA


O cancro da mama evolui a partir de um pequeno nódulo que no inicio não dói. Aos poucos o volume do tumor aumenta e ataca os gânglios linfáticos vizinhos ou órgãos. Pode então existir secreção de sangue ou de liquido pelo mamilo e dores no seio. A par aparece o emagrecimento, a fadiga e a palidez.
Geralmente há necessidade ao recurso operatório.

Hoje com as técnicas actuais pode ser feita uma reconstrução do seio com sucesso.






IMPORTANTE

Controlar pessoalmente e regularmente o seio, fazendo uma apalpação mamária frente ao espelho, tornando-se mais fácil durante o duche e após o seio ensaboado.Este exame deve ser regular e após cada menstruação, pois ao ser detectado precocemente há mai
or facilidade na sua ablação.













TRATAMENTO


Se o tumor for pequeno e não apresentar sinais de infiltração, pode ser extraído com uma operação que significa, em geral, que uma parte da mama ou mesmo a mama inteira, seja extraída.Se o tumor tiver dimensões maiores e infiltrantes serão extraídas todas as zonas possíveis e após será feita uma radioterapia para destruir as células cancerígenas.
Tumores graves que já afectaram outros órgãos não p
odem ser totalmente extraídos com uma operação, sendo necessário o recurso a radioterapia mais quimioterapia e por vezes hormonoterapia e ao mesmo tempo ministrados medicamentos analgésicos e tratamentos para a dor.






AO MENOR SINTOMA CONSULTE O SEU MÉDICO ACTUE RÁPIDO PARA RÁPIDO RESOLVER





GUARDE SEMPRE




A BELEZA DO VIVER




Gota de Vidro

Foto de MS
Entardecer em Curitiba





14 comentários:

Mário Margaride disse...

Mais um excelente post, minha amiga!
Um problema muito sério, o cancro da mama.
Informações muito detalhadas, que cetamentamente serão muito úteis.

Parabéns uma vez mais!

Convido-te a passa pelo "AMOR DE ALÉM MAR", outra forma de fazer poesia em dueto.

Beijinhos e boa semana!

Mário

Dreamaster disse...

è impressão minha ou este tipo de cancro entre as mulheres tem aumentado a nivel mundial ?


Bejus pra a menina :)
D.

Rafeiro Perfumado disse...

Um verdadeiro drama, esta doença. Já vi de tudo: casos de resistência heróica, de mulheres que encaram o bicho de frente e o vencem, ganhando uma nova oportunidade; mulheres que são abandonadas pelos "homens", por estes não suportarem viver com uma "mutilada"; pessoas que se entregam à doença, antecipando assim o seu fim...

A divulgação nunca será muita, parabéns por fazeres a tua parte.

Beijoca!

Vieira Calado disse...

É sempre bom avisar.

Desejo-lhe um bom resto de tarde.

Nuno de Sousa disse...

Pois é amiga Gotinha... nada como chamar a atenção deste problema que imensas mulheres têm por descuido e não estarem atentas, afinal marcar uma mamografia nada custa, e pode salvar uma vida... obrigado pela partilha e sempre bom ver e vir aqui a este teu belo blog...

Bjs grandes em ti e uma boa noite,
Nuno

Iana disse...

Mais uma vez um grande texto!

Muito claro sua explicação
concelhos e dicas... sua preocupação é sempre tão cheia de esperança para muitos...
Obrigada por mais uma postagem assim.

Beijos e um final de semana alegre e na Paz!
da rosa amiga
Iana!!!

PS: Estive ausênte por o motivo de sempre :( mas um dia ainda fico ausênte curtindo saúde e felicidades...

Mário Margaride disse...

Querida amiga

Em meu nome e da Rosana, quero desejar-te um erxcelente fim de semana, e dar-te um beijo grande.

Mário

Sol da meia noite disse...

Convém não fugir desta realidade... tão difícil de aceitar.

Um bom fim de semana.


Um beijinho com amizade *
:-)

Entre "aspas" disse...

Infelizmente é um dos flagelos que bate á porta de qualquer mulher,uma bonita descrição e a forma como generalizastes as consequências.
Parabéns.
Bom fim de semana
Bjs Zita

Helena Paixão disse...

Nunca é demais chamar a atenção para este problema e explicar como se deve proceder para evitar um mal maior.

Parabéns por este post que aborda este tema delicado com muita lucidez.

Bjs

Dreamaster disse...

Olá menina.

Vim desejar-te uma boa semana :)

Bjs
D.

MPereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
poetaeusou . . . disse...

*
bem-hajas, amiga,
,
um jino,
,
*

O Profeta disse...

Ó chamateia que fala da saudade
Ó canção que pões um brilho nos olhos
Ó mulher que tens a forma da viola
Ó que espalhas paixões aos molhos

E o cantar da meia-noite
A todos encanta e seduz
Cantar até que morra a voz
Cantar até que haja luz


Vem tocar uma Viola de dois corações



Mágico beijo